Mais um pra conta: Princesa bate "mistão" do Sul América por 3 a 0

Na terceira partida preparatória para Copa do Brasil, o Princesa do Solimões venceu o time misto do Sul América, com jogadores júnior e profissional, por 3 a 0, na tarde deste sábado, no Estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão, em Manacapuru (cidade a 68 quilômetros de Manaus). Os gols do Tubarão do Norte foram assinados por Edinho Canutama, Nando e Branco.

Jogo
Sob um calor escaldante, principalmente no primeiro tempo, o Tubarão sentiu a alta temperatura, mas nada que dificultasse o volume de jogo e movimentação em campo. Logo de cara, antes dos dois minutos de jogo, o Princesa saiu na frente. Randerson cobrou um escanteio pela esquerda e Edinho Canutama de cabeça inaugurou o marcador, 1 a 0.
Princesa bateu Sul América por 3 a 0, no Gilbertão, em Manacapuru (Foto: Divulgação/Paulo Rogério)

O segundo tento não demorou muito. Aos 15 minutos, Juan, que entrou no lugar de Randerson, que saiu devido a uma indisposição, foi derrubado dentro da área e o pênalti foi marcado. Nando cobra no canto direito do goleiro e ampliou.

O Sul América montou uma equipe mista, ou seja, com jogadores profissionais, como Salgado, Acriano, Darlan, Batista e Jorginho, mais a garotada do time júnior, que se prepara para disputa do Campeonato Amazonense da categoria.

A única chance do Trem da Colina no primeiro tempo, foi aos 23 minutos, depois de um contra-ataque rápido, o meia Magno teve liberdade para chutar, mas parou em Rascifran. Aos 40 minutos, o lateral esquerdo Guilherme cruzou e Juan perdeu um gol incrível na pequena área.
Para fechar o placar, aos 22 minutos do segundo tempo, o setor defensivo do Sulão saiu mal, Toró pegou a bola e passou para Branco finalizar no canto direito do goleiro, 3 a 0.

Próximo amistoso
A diretoria ainda não confirmou o próximo amistoso, que pode ser contra o Rio Negro, em Manaus, ou contra o Manaus FC, no próximo sábado, no Gilbertão.

Preocupado com a formação titular do Princesa, o técnico Zé Marco, já começa a montar o time titular para jogo contra a Chapecoense, pela Copa do Brasil.

- Nós chegamos num momento de definição, porque estamos a um mês para enfrentar a Chapecoense. Já temos que começar a analisar a equipe ideal, mas já temos feito isso. O Michell Parintins com problema não pôde atuar, mas ele entraria nessa equipe e apesar disso, a gente começa a organizar o time para jogo com a Chapecoense - analisou.

Para Zé Marco, o foco agora é encarar times mais ousados no ataque, assim como ele espera que seja a Chapecoense, no dia 6 de abril.

- No trabalho do dia a dia temos feito isso. Temos montado a equipe considerada ‘B’, na forma em que acredito, a Chapecoense deve jogar conosco em agredir ofensivamente, ou seja, em cima da equipe de cima. Os amistosos não dão para tirar muita lição disso, porque os adversários ficam atrás da linha da bola. Essas partidas servem para ganhar ritmo e concentração - disse.

Estreia de Samir
O jogo deste sábado marcou a estreia do zagueiro recém-contratado Samir, que de cara figurou no time titular. Segundo o jogador, a movimentação foi boa da equipe, principalmente quando se tem pela frente um adversário da qualidade da Chapecoense.

- Creio que foi um amistoso bem proveitoso, porque primeiro nosso objetivo é fazer gols e não tomar. Tivemos algumas falhas, mas claro que vamos corrigir nos treinos. Uma equipe que vai jogar a Copa do Brasil, com um time da primeira divisão, não pode ter erros em nenhum momento. Acredito que o nosso treinador observou o grupo sobre esse detalhe - avaliou.

0 coment�rios:

Postar um comentário

My Instagram