quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

#Partiu Japão!



Salvem os elefantes!

Elefante de uma reserva pensou que o rapaz estava correndo perigo. Vejam o que ele fez:



Pense fora da caixa!



terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Nosso mundo ainda tem salvação!

Dentista oferece cirurgia gratuita para frentista e ação viraliza nas redes sociais. Os dois se conheceram em um posto de gasolina. O dentista reparou no problema que o frentista tinha nos dentes e, sensibilizado, se ofereceu para operá-lo de graça. Porém, os dois perderam o contato, mas três anos depois acabaram se reencontrando.



Este cara caminha 34 km por dia para ir e voltar do trabalho e agora vai ganhar um carro graças à Internet

Matéria publicada em fevereiro de 2015

Esse cara da foto acima é James Robertson. Ele tem 56 anos e caminha 34 km por dia, de segunda a sexta, para chegar ao trabalho e depois para voltar para casa. Ele dorme pouco mais de duas horas por noite.

Nem sempre foi assim — há dez anos, ele tinha um Honda Accord 1988, mas um dia ele parou de funcionar. Ganhando US$ 10 por hora, ele não tinha dinheiro para comprar outro carro e pagar o seguro, como conta o Detroit Free Press. Sendo assim, começou a caminhar. “Eu faço o que for preciso para chegar ao trabalho”, ele conta. James mora em Detroit, Michigan, e trabalha na cidade vizinha de Rochester Hills.


Ele até pega um ônibus e aproveita para tirar um cochilo, mas os ônibus não cobrem toda a distância. Por isso ele caminha 13 km para chegar ao trabalho e, para voltar para casa, mais 21 km. James sai de casa às 8:00, entra no trabalho às 14:00, sai de lá às 22:00 e chega em casa às 4:00 da manhã. O despertador toca às 6:00 e, dormindo tão pouco, ele se mantém acordado com a cafeína das garrafas de Mountain Dew (tradicional refrigerante americano) e latas de Coca-Cola.

Nada disso, contudo, o impediu de se tornar um funcionário exemplar, que não falta ao trabalho um dia sequer. Por isso certo dia um jovem de 19 anos chamado Evan Leedy, que estuda ciências da computação, leu a matéria no DFP, ficou comovido e decidiu ajudar. Como? Usando seu smartphone, ele abriu no último domingo (1) uma campanha no site de crowdfunding GoFundMe, na esperança e arrecadar pelo menos US$ 5 mil (cerca de R$ 14 mil) para ajudar Robertson. Em uma hora, a campanha havia arrecadado US$ 2 mil (cerca de R$ 5.400) . Às 18:00, no mesmo dia, já eram US$ 6 mil (R$ 16.500).


Acontece que não foi apenas a história de James que se espalhou por veículos digitais e impressos no mundo todo — da CNN ao Oppositelock, do Jalopnik US, passando por redes sociais e até pela mídia impressa. O DFP conta que ainda não parou de receber ligações de pessoas se oferecendo para ajudar, algumas com dinheiro, outras oferecendo carros; e o próprio James já perdeu a conta de quantas pessoas lhe ofereceram carros novos — alguns até se comprometeram a pagar o seguro, que é obrigatório nos EUA, pelo resto da vida de James. As pessoas também lhe oferecem passagens de ônibus, caronas e bicicletas.

Mas o maior e mais impressionante efeito do compartilhamento em massa da história de James foram as doações. Até momento já são US$ 306 mil arrecadados na campanha, o que dá cerca de R$ 840 mil. Com este dinheiro, obviamente, James poderia comprar um bom carro e pagar pelo seguro por décadas — em Detroit, o seguro de um carro costuma sair por US$ 5 mil (R$ 14 mil) por ano.


Contudo, ainda não foi definido o modo como todo este dinheiro será usado para ajudar James, que admite estar preocupado com tanto dinheiro destinado a ele. Um amigo próximo, Blake Pollock, que lhe dá carona várias vezes por mês, se dispôs a ajudar — ele trabalha em um banco e se encarregou de ajudar James a administrar seu dinheiro para que nenhum centavo seja mal aproveitado.

Certamente que não será, acreditamos que não está distante o dia em que James não precisará enfrentar sol, chuva e nevascas para ir trabalhar. Até recuperamos um pouquinho da fé na humanidade. Você não?

[Fotos: AP]

Amigo é coisa pra se guardar....sempre!



segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Um anjo em forma de gente!

Doação de ex-juíza cria nova UTI em hospital em crise em Curitiba 

Elizabeth Tae Kinashi acompanha as obras do Hospital Evangélico, em Curitiba, Paraná

Famoso em todo o país após a suspeita de assassinatos em sua unidade de terapia intensiva (UTI) entre 2011 e 2013 e mergulhado numa profunda crise financeira, que levou a Justiça a colocá-lo sob intervenção em 2014, o Hospital Evangélico, em Curitiba, tem finalmente uma boa notícia: colocará em funcionamento, nas próximas semanas, uma nova UTI neonatal, graças a uma doação de R$ 530 mil feita por uma juíza federal aposentada.

A responsável pela doação, Elizabeth Tae Kinashi, 66 anos, cumpriu um desejo da irmã, Maria Homi Kinashi, também ex-juíza federal, morta em 2014, aos 69 anos. O dinheiroque permitiu as obras no Evangélico era o espólio de Maria. Elizabeth negociou com os sete irmãos para que os R$ 530 mil não fossem divididos entre eles, mas sim entregues ao hospital.

A doação permitiu que a antiga UTI neonatal fosse colocada abaixo. Tudo é novo: piso, instalação elétrica, ar condicionado, iluminação e sala dos médicos. E a capacidade será dobrada: em vez dos 20 leitos anteriores -- dos quais apenas 16 estavam em condições de uso, agora serão 40.

"Esse é o grande legado de toda a reforma. Há uma emergência em Curitiba e região metropolitana de leitos de UTI neonatal, é uma carência nacional. E somos um hospital referência na área", diz o administrador judicial do Evangélico, Ladislau Zavadil Neto.

Elizabeth acompanhou pessoalmente a obra, iniciada em agosto de 2016 e encerrada em meados de janeiro."O serviço foi tocado por uma empreiteira contratada pelo hospital, com supervisão dela. A cada etapa concluída, ela fazia o pagamento correspondente. Ela foi quase a nossa mestre de obras. Todo mês, ela vinha dar uma conferida", diz o administrador. "Por isso, digo que ela fez mais do que dar o dinheiro. Ela acompanhou cada parafuso, cada piso colocado."

Elizabeth Tae Kinashi e Ladislau Zavadil Neto (dir.), administrador judicial do Evangélico, inspecionam as obras no hospital

Descendente de japoneses, Elizabeth é uma mulher rigorosa. Demorou a aceitar o pedido para dar uma entrevista. "É o nome da minha irmã que tem que aparecer, o legado é dela", justificou-se, na manhã de janeiro em que recebeu o UOL , no próprio hospital. "Eu não queria aparecer como alguém que fez algo bonito. Não foi com essa intenção que fiz o que fiz, mas sim diminuir a fila do SUS. E, se salvar uma vida que seja, já terá valido a pena."

Maria, cujo espólio permitiu a obra na UTI neonatal, era a irmã mais próxima de Elizabeth. A tal ponto dela seguir os passos de Maria na carreira. "Eu a admirava tanto que fui atrás dos passos dela, fui ser juíza. Mas, como ela atuava no Paraná, eu fui prestar concurso no Mato Grosso do Sul, para que ninguém sugerisse que eu tinha entrado por conta dela", afirma.

Pouco depois da morte da irmã, Elizabeth, que vivia em Campo Grande, mudou-se para Curitiba. "Ela morava aqui, e eu não consegui aguentar com o luto. Éramos unha e carne", diz. "Maria era muito preocupada com a saúde pública, e fez o pedido para que eu destinasse seus bens a quem precisa." Parte do espólio foi entregue a outro hospital de Curitiba, o das Clínicas, vinculado à UFPR (Universidade Federal do Paraná). A outra financiou a nova UTI neonatal do Evangélico. "Ela tinha a preocupação de que o dinheiro fosse usado direito", afirma Elizabeth, como que explicando o rigor com que acompanhou a obra.

Com a obra concluída, a administração judicial espera que o Ministério da Saúde libere o dinheiro necessário para equipar a nova UTI neonatal. Uma emenda de R$ 1,5 milhão, do senador Roberto Requião (PMDB), já está empenhada (isto é, tem autorização de pagamento) no orçamento federal. Falta a liberação do ministro Ricardo Barros, filiado ao PP e adversário político de Requião.

Procurado pelo UOL , o Ministério informou o seguinte: "Os recursos da emenda parlamentar do senador Roberto Requião estão garantidos para pagamento. A previsão é até o final de janeiro. Outras quatro emendas parlamentares foram empenhadas para a unidade hospitalar de Curitiba, somando mais de R$ 1,6 milhão para aquisição de equipamentos". A pasta disse ainda que, sob Barros, "triplicou a liberação de emendas parlamentares", algo que classificou como "atuação integrada entre os poderes Executivo e Legislativo".

Hospital Evangélico, em Curitiba

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Quando seu Anjo da Guarda está de plantão!

Após ter o coração atravessado por espeto, garoto sobrevive

Foto: (Reprodução/Whatsapp)

A competência e a calma de duas médicas , em Pernambuco, salvaram a vida de um garoto de 10 anos de idade, ele caiu de uma escada em cima de um tonel cheio de equipamentos para churrasco, no acidente um espeto atravessou o seu coração!

As médicas Cláudia Albuquerque e Andrea Rolim, trabalharam juntas nesta missão, Cláudia é cirurgiã, falou que tudo estava dando certo, e foi encaminhando para que o garoto fosse salvo. Primeiro, o fato de que ele é criança e possui órgãos saudáveis e funcionando 100%. Depois, ele foi encaminhado rapidamente ao hospital e a equipe se manteve calma o tempo todo, facilitando o processo.

Parece mentira , mas é verdade, o próprio espeto fez com que ele fosse salvo, pois ao furar o coração, também impediu que houvesse qualquer tipo de sangramento. A cirurgia foi um sucesso, a equipe de 12 profissionais comemoraram todos emocionados. Cláudia declarou que nunca tinha feito uma cirurgia como essa e que também não soube de nenhum caso parecido com sobrevivência do paciente.Ele segue internado, mas sem risco de vida e terá alta do hospital ainda esta ainda está semana.

Supere suas dificuldades, você pode!


Jovem com paralisia cerebral supera dificuldades e conclui faculdade de Direito

Família prestigiou a formatura de Werner na noite dessa quarta (24). Foto: Antônio Lima

Aos 26 anos, o universitário Werner Lopes venceu mais um desafio dos vários que já enfrentou na vida: concluiu o curso de direito. O jovem diagnosticado com poliomielite (ou paralisia infantil) emocionou, na noite dessa quarta-feira (24), amigos e familiares durante a colação de grau da turma, realizada no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas (OAB-AM), na Zona Centro-Sul de Manaus.

Com lágrimas nos olhos e orgulho no coração, a mãe de Werner, a funcionária pública Genir de Albuquerque Lopes, 57, viu o filho realizar um sonho. Além de ser formando, o filho passou na primeira fase do Exame da Ordem e aguarda o resultado da segunda etapa de provas.

“Ele passou cinco anos sonhando com esse dia. Ele acreditou que estudando pudesse fazer a diferença no mundo. Conseguiu e eu estou muito orgulhosa”, explicou.


Quando tinha seis meses, Werner iniciou o tratamento para a paralisia. Segundo Genir, alguns médicos acreditavam que o movimento das pernas e braços do jovem, além do poder cognitivo, não conseguiriam ter evolução.

“Houve falta de oxigênio no cérebro dele quando era criança. Desde então nós lutamos ano a ano para fazer com que ele fosse educado”, explicou.

Ainda de acordo com Genir, mais do que a ajuda da família, houve engajamento do próprio filho. Na hora da escolha do curso, o pai de Werner, Cosme Lopes, 57, se surpreendeu.

“Ele é um menino muito estudioso e esforçado. Quando ele disse que ia fazer Direito eu o aconselhei a escolher outro curso mais tranquilo, mas ele rejeitou meu conselho. Hoje e sempre ele será meu orgulho e de todos da família”, disse o pai.

Ao todo, 44 alunos participaram da cerimônia. A frase do juramento foi uma das partes mais emocionantes da cerimônia. Ao dizer “eu juro com toda a minha honra”, Werner comemorou com outros alunos. Um deles foi Evandro Thiago Cid, 27. O colega foi as pernas e braços de Werner durante os cinco anos de faculdade. O rapaz chegou a agradecer Thiago durante a cerimônia.

“Eu que agradeço ao Werner. Ele aprendeu, mas também ensinou muito durante a faculdade. O valor da amizade ultrapassa a barreira do preconceito e foi justamente isso que todos fizemos. Nós acolhemos o Werner como amigo e ele só trouxe coisas boas”, disse.

Um novo horizonte

O objetivo de Werner Lopes era mostrar à sociedade que ser portador de poliomielite não se resume em viver para sempre em uma cadeira de rodas ou até falar e andar com dificuldade. Mais do que isso, o jovem queria fazer a diferença.

“Dizer que foi fácil seria mentira, mas a experiência da universidade me deu, não só forças para esquecer as dificuldades da minha doença, mas também me deu perspectivas para o futuro”, resume Werner, que agora sonha em se tornar juiz.

Fonte: A Crítica

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

A força do amor....



domingo, 21 de janeiro de 2018

Chinês paraplégico escala montanha de 495 metros em cadeira de rodas: 'Ainda posso fazer o que mais amo'


Atleta cadeirante é indicado a prêmio após escalar montanha em Hong Kong

Lai Chi-wai, de 35 anos, é o primeiro atleta chinês a ser nomeado para o prêmio Laureaus World Best Sporting, após ter escalado uma montanha de 495 metros em dezembro sentado numa cadeira de rodas.

Quatro vezes campeão do Campeonato Asiático de Escalada e primeiro vencedor chinês do torneio de esportes radicais X-Games, Lai, tinha uma carreira brilhante até um acidente de carro o deixar paralisado da cintura para baixo em 2011.

Apesar de suas limitações físicas, Lai tentou praticar uma série de esportes para cadeiras de rodas, como boxe, esgrima e tênis de mesa. Mas nada substituiu seu amor pela escalada.

Lai escala a Lion Rock (Foto: Reuters)

Lion Rock

"Adoro escalar a rocha. Antes tinha muito mais liberdade - eu podia ir a vários espaços de escalada indoor, ou se eu quisesse subir ao ar livre, podia fazê-lo sempre que quisesse. Mas agora que estou em cadeira de rodas, preciso considerar muitas coisas. É apropriado? É seguro? As pessoas poderão me ajudar?", conta.

Demorou meses para Lai se acostumar com suas novas limitações. Deixar de ser o melhor montanhista da Ásia para ficar preso a um cadeira de rodas foi muito difícil. No quinto aniversário do acidente, em 9 de dezembro de 2016, ele decidiu escalar a montanha Lion Rock, de 495 metros de altura, considerada um símbolo do espírito, persistência, resiliência e unidade de Hong Kong.

"Para mim, subir ao topo era realizar um sonho um sonho meu e também significava que poderia mostrar aos meus amigos e admiradores que superei um dos momentos mais difíceis da minha vida. Mesmo que esteja numa cadeira de rodas, posso desafiar outros esportes e ainda fazer o que mais amo ", disse Lai à agência Reuters.

Fonte:  PlayGround BR / G1

sábado, 20 de janeiro de 2018

Você acredita em milagres?

Existe o milagre puro mandado por Deus Todo Poderoso, e existe o milagre quando Deus capacita o homem para ser aquilo para o quê ele foi originalmente projetado: a imagem e semelhança de Deus (Gênesis 1:26-27)!


Eden Carlson

Leia a matéria completa em:  ciberia.com.br

Alguém aí está precisando de inspiração? J.K Rowling vai lhe ajudar!

Ta precisando de motivação? Veja esse discurso de J.K Rowling (Autora de Harry Potter) em Harvard:



Proposta proíbe apreensão de veículo por atraso no pagamento do IPVA e de outros tributos

A proposta também proíbe a cobrança em conjunto de multas. ( Foto: Divulgação)

BRASÍLIA - Os tributos e taxam incluem, por exemplo, o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), o Certificado de Registro e Licenciamento de veículos e o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por veículos automotores de via terrestre (DPVAT). Pelo texto, a proibição não se aplicará quando a autoridade estiver de porte de mandado judicial.

A medida está prevista no Projeto de Lei 8494/17, do deputado Heuler Cruvinel (PSD-GO), e abrange as seguintes autoridades de trânsito:

- Departamento de Estradas de Rodagem dos Estados da Federação e do Distrito Federal (DER);
- Detrans (Departamentos de Trânsito dos estados da Federação e do Distrito Federal);
- Conselho Nacional de Trânsito (Contran); 
- Departamento Nacional de Trânsito (Denatran);
- Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER);
- Polícia Rodoviária Federal;
- e a Polícia Militar dos estados e do Distrito Federal.

Ato abusivo

“O Estado não pode fazer a apreensão do veículo por falta do pagamento do licenciamento, do IPVA, ou de qualquer outro tributo, pois trata-se de um ato abusivo de poder de polícia”, afirma o deputado. “Apreender o veículo por atraso nos impostos é o mesmo que expulsar a pessoa de sua casa por ter atrasado o IPTU”, completa.

Para o parlamentar, o procedimento adequado para a cobrança em caso de inadimplemento de tributo seria “a notificação do contribuinte, instauração de procedimento administrativo fiscal, em que seria assegurado a ampla defesa e contraditório e em seguida, se esgotada a fase administrativa com a constituição definitiva do crédito tributário, a inclusão do débito em dívida ativa”.

A proposta também proíbe a cobrança em conjunto de multas, do seguro obrigatório, do licenciamento e do IPVA, determinando que seja facultado o pagamento em separado e obrigando que os Detrans entreguem esses documentos.

Tramitação

A proposta será analisada, em caráter conclusivo, pelas comissões de Viação e Transportes; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:


Fonte: imirante.com

Terry Crews tem um recado para você!



sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

As definições de "amizade" foram atualizadas!



O verdadeiro significado da palavra "amigo"!

Pedro "Scooby" estava surfando em Portugal quando algo inacreditável aconteceu.
Veja que emocionante o que seu amigo Everaldo "Pato" fez!



quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

10 dicas para viver melhor


terça-feira, 16 de janeiro de 2018

O torneador cego



Chris Fisher, também conhecido como Blind Woodturner (Torneiro de Madeira Cego), especialista em tornos, mandris, mandíbulas e ferramentas de tornear. Em seu canal no You Tube ele mostra o que aprendeu, sozinho!

Você será inspirado por Chris enquanto ele compartilha sua paixão pela arte de tornear a madeira. Chris constantemente se desafia, supera todas as expectativas e demonstra como os obstáculos aparentemente insuperáveis ​​podem ser vencidos através da tenacidade e da autoconfiança.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

De diarista a Desembargadora

Não reclame, trabalhe e estude!


Dra Joeci Machado Camargo

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Qual a sua desculpa?

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Stephen Hawking- Um vencedor!

O gênio completa hoje 76 anos, e continua ativo!


Tinha 21 quando foi diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa que paralisa os músculos do corpo, sem atingir as funções cerebrais.

Na época, os médicos deram-lhe apenas dois anos de vida – de acordo com as estatísticas, a (ELA) costuma ser fatal para os seus portadores logo nos primeiros cinco anos. Hawking, considerado hoje um dos maiores físicos de todos os tempos, desafiou os números e vive há mais de 50 anos com a doença.

Mas a história deste génio podia ter sido muito diferente: em 1985, Hawking foi colocado em coma induzido, num hospital em Genebra, na sequência de uma pneumonia. Os médicos aconselharam a família a desligar o suporte de vida, mas a sua mulher, Jane, recusou.

“Os médicos achavam de tal forma que eu era um caso perdido que aconselharam a Jane a desligar a máquina. Ela recusou e fez questão que eu fosse transferido para Cambridge. As semanas que se seguiram foram as piores da minha vida”, disse o físico no documentário ‘Hawking’, em 2013.

Stephen Hawking acabou por se recuperar e continua a ser uma voz ativa na sociedade dos nossos dias. ‘Uma Breve História do Tempo’, seu livro mais conhecido, já vendeu mais de 10 milhões de exemplares e o físico continua a ser convidado para participar nas maiores e mais importantes palestras do mundo.

Fonte: BBC, sol.sapo.pt

Golden Globes 2018- Uma noite épica!

Yakisoba rápida

Yaksoba ou Yakssoba? Independente da grafia, que pode ser de qualquer uma das duas maneiras, ele é delicioso e agrada a quase todos que o experimentam. De origem chinesa, mas também muito popular no Japão, significa literalmente macarrão de sobá frito. O prato, conhecido internacionalmente, é composto por legumes e verduras que podem ou não ser fritos juntamente com o macarrão e aos quais se agrega algum tipo de carne.

Você sabe o que significa "inclusão"?

Assista e aprenda com esses jovens de ouro!

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Menino com 'morte cerebral' sobrevive após pais desligarem aparelhos

Esta história é de 2015. Hoje o garoto tem 6 anos e leva uma vida normal!

Uma criança diagnosticada com 'morte cerebral' após um quadro avançado de meningite sobreviveu depois que seus pais decidiram desligar os aparelhos que o mantinham vivo. O caso aconteceu na Inglaterra.

Segundo o Daily Mail, os pais de primeira viagem, Samantha Baker e Adam Ellmer, receberam a notícia que Harrison Ellmer estava com meningite com apenas três semanas de vida. Poucos dias depois, a infecção havia se espalhado e o menino já não tinha mais chance de vida.

Criança com 'morte cerebral' sobreviveu após pais desligarem aparelhosFoto: Reprodução / Facebook

Após decidirem desligar os aparelhos de Harrison Ellmer, o casal se surpreendeu com o fato do bebê ainda continuar respirando. Os médicos disseram a Samantha Baker e Adam Ellmer que mesmo assim a criança não tinha atividade cerebral e não poderia andar, falar ou se alimentar.

'Harrison é cheio de vida e não podemos acreditar em como temos sorte em tê-lo', disse a mãe do 'bebê milagre'Foto: Reprodução / Facebook

Desafiando o diagnóstico da medicina, o "bebê milagre", como é conhecido, atualmente está com três anos e exerce normalmente todas as atividades para uma criança de sua idade. "Olhando para ele agora e vendo-o correndo por aí, andando de bicicleta e lendo livros, é maravilhoso. Harrison é cheio de vida e não podemos acreditar em como temos sorte em tê-lo", disse Samantha.

Fonte: O Dia

Uma história incrível!