Labilá rescinde com o Princesa; clube fecha ''buraco'' com goleiro da base

Por Gabriel Mansur- Manaus
Goleiro rescindiu com o Tubarão (Foto: Cahê Mota)
O goleiro Labilá nem mal chegou e já pediu para sair do Princesa do Solimões. De acordo com o diretor de futebol do clube, Raphael Maddy, o arqueiro optou por cuidar de sua esposa, que acabou de ter um filho do casal e mora em Santarém, no Pará. Ainda segundo Maddy, Juliana passou por uma cesariana, e Labilá afirmou que não teria cabeças para jogar futebol.

A saída do arqueiro deixou o elenco com apenas o Rascifran no setor. Porém, o clube já buscou peças caseiras para tapar os ''buracos'': Adones, revelado pela categoria de base do Tubarão. Maddy mencionou que a equipe ainda vai atrás de mais um goleiro até a estreia na Copa do Brasil, contra a Chapecoense, no dia 06 de abril, em local ainda indefinido.

- Em relação ao Labilá, ele procurou o supervisor (Isaac) e pediu para sair do time. A esposa dele havia tido um bebê, foi cesária, não tinha cabeça para se concentrar. Tivemos que liberar o atleta. Estamos em busca de um novo goleiro apenas para ter opções. O Rascifran é um jogador de confiança, estamos trabalhando juntos há alguns anos, não terá problema - disse o diretor.

Maddy ainda voltou a ressaltar a falta de peças no setor defensivo. Situação que ficou ainda mais alarmante após a saída de Piru, que fechou com o Baré-RR.

- Nós ainda procuramos por jogadores de defesa. Até para dar mais opção ao Zé Marco nos exercícios. O ideal é ter dois reservas por um titular. No momento temos apenas dois jogadores no setor (Pastor e Wisley) - concluiu o dirigente.

Amistosos
O dirigente afirmou que o planejamento do Princesa é realizar um jogo-treino por semana, sendo, inicialmente, contra times amadores. Com a evolução do trabalho, o clube pensa em marcar partidas diante de grupos profissionais. Os adversários ainda são indefinidos.

Vale dizer que o primeiro teste do time de Manacapuru na temporada será contra a seleção de Rio Preto da Eva, em jogo-treino no domingo, dia 28, às 16h, no estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão, em Manacapuru (a 68 quilômetros da cidade).

0 coment�rios:

Postar um comentário

My Instagram