Princesa vira sobre o Gênus na Colina e fica a um ponto do líder na Série D.

Em jogo violento e cheio de cartões, o Princesa do Solimões bateu o Genus por 3 a 2, na noite deste sábado, no Estádio Ismael Benigno, a Colina. Mesmo com um jogador a mais desde os 20 minutos do segundo tempo, a equipe amazonense teve dificuldades para ampliar o placar, mas está folgada no segundo lugar do Grupo A1 da Série D, com 13 pontos, a um ponto do líder, o Rio Branco (AC).

Logo aos 7 minutos de jogo, Michell Parintins errou passe na saída de bola do Princesa e cometeu pênalti no atacante Pemaza. O goleiro Dida cobrou e abriu o placar para os visitantes, o que causou reação imediata do Tubarão de Manacapuru.

Aos 13, Nando chutou cruzado e Branco, na cara do gol e sem goleiro, chutou para fora. Mas logo no minuto seguinte o artilheiro do time com 4 gols na competição chutou de fora da área, Dida não segurou e Nando aproveito o rebote para empatar.

O Princesa continuou a pressão e Delciney foi derrubado dentro da área. O árbitro marcou pênalti e Michell Parintins virou na cobrança, aos 17 minutos da etapa inicial.

Após a virada, o Princesa administrou a vantagem e o time rondoniense passou a conter as jogadas dos donos da casa com faltas duras. Em uma delas, Delciney sofreu uma forte pancada no tornozelo pouco antes do intervalo da partida, e não voltou mais para o jogo.

No segundo tempo, Deurick entrou na lateral direita e a equipe passou a explorar mais aquele lado do campo, mas as finalizações eram desperdiçadas por Nando e Branco. Este ultimo deu lugar a Marinelson, que em sua primeira jogada cruzou na medida para Fininho marcar, de peixinho, o terceiro aos 21 minutos do segundo tempo.

Àquela altura, o Genus já havia perdido o volante Valdinei, que levou dois cartões amarelos em menos de um minuto e foi expulso. Mesmo com um a menos, os visitantes diminuíram em bola alçada na área e gol de Erivelton, de cabeça, aos 25 da etapa final.

O placar da partida não foi mais alterado, porém o número de atletas em campo reduziu. Após confusão entre os jogadores, o volante Amaralzinho, do Princesa, e o lateral esquerdo Guarate, do Genus, levaram cartão vermelho.

Fonte: d24am.com

0 coment�rios:

Postar um comentário

My Instagram