Albert Einstein


Einstein nasceu na Alemanha no ano de 1879 e na sua juventude enfrentou o autoritarismo da escola alemã onde estudava. Se tivéssemos a oportunidade de vê-lo ainda criança, perceberíamos que ele era um garoto diferente e apresentava um raciocínio rápido para sua idade. Aos 6 anos aprendeu a tocar piano e aos 7 Albert Einstein demonstrou o Teorema de Pitágoras, para a surpresa de seu tio Jacob. O pequeno gênio tinha uma habilidade incrível em exatas, mas haviam algumas matérias que representavam obstáculos a serem ultrapassados. Geografia, História, francês e principalmente o grego era uma disciplina complexa nos tempos de colégio. Em uma certa ocasião, seu professor de Grego fez uma reunião e encarou os problemas de aprendizado do garoto como um desrespeito a sua maneira de lecionar. A medida que o tempo passou, as críticas que lhe foram feitas serviram de verdadeiros degraus para que ele alcançasse seus objetivos.

No primeiro ano, tentou ingressar na Escola Politécnica Federal em Milão, no curso de física, porém se saiu mal nas provas de Botânica e linguagens. Entretanto, seu desempenho em física chamou atenção do diretor que permitiu que ele ficasse na escola e mais tarde adquirisse o direito de frequentar a universidade. Trabalhando no Escritório de Patentes teve tempo suficiente para elaborar anos depois a "Teoria da Relatividade" levando o estudante a ganhar o prêmio Nobel. A partir desse momento, as coisas passam a tomar outros rumos e o rapaz que antes foi descartado pelo professor de Grego, se tornou um dos mais conhecidos físicos do mundo.

Nas palavras do gênio:
“Eu tentei 99 vezes e falhei, mas na centésima tentativa eu consegui, nunca desista de seus objetivos mesmo que esses pareçam impossíveis, a próxima tentativa pode ser a vitoriosa.”



0 coment�rios:

Postar um comentário

My Instagram